[18+] Bom Dia, Glenda Poletto

No meu primeiro ensaio sensual. fui fotografada por dois amigos: o Neto De Vecchi e o Marcelo Pizante. Acho que, por isso, foi tudo tão tranquilo. Só estranhei um pouco no decorrer dos cliques por serem duas pessoas me fotografando ao mesmo tempo. Então eu me atrapalhava no “pra qual câmera eu olho?”. Acho que mais dei risada do que qualquer outra coisa nesse ensaio. Inventávamos poses e, em várias delas, eu me achava a mais esquisita. Mas fomos tentando. Foi um domingo inteiro de fotos, risadas e papo bom.

 

 

 

 

 

 

 

O resultado foi ótimo, fotos super criativas, usamos a temática de alguns cartazes de filmes que tinham no apartamento do Pizante, então deu pra brincar com poses em frente aos quadros, tinha também a parede super descolada com os grafites do Kleverson Mariano que rendeu fotos bem divertidas. Logo recebi o convite do incrível Felipe Watanabe. Já era fã do trabalho dele, algumas amigas já haviam posado para ele e o resultado sempre me deixava encantada. Fiquei muito feliz com as fotos, o Felipe é um artista, tem um olhar muito delicado na hora de fazer os cliques. Cada foto arrebatadora que quando você olha se pergunta “caramba, essa sou eu mesma?”. Começamos a fotografar por volta do meio dia e fomos até o anoitecer, com locações que foram desde dentro do box de um banheiro, como externas no jardim da USP no Butantã em São Paulo. Depois fui convidada pelo Gabriel Dias, responsável pelo projeto “Anotherfragment”. O trabalho dele é maravilhoso, um estilo minucioso, detalhista, original. O melhor de tudo, não tem como não ficar a vontade com ele. Super carismático, engraçado. A cada clique que fazia me mostrava, se eu não gostava apagava e tentávamos outra pose. Fiz fotos desde usando apenas um casaco sobretudo até só meias três oitavos preta. É lindo o olhar que o Gabriel dá ao corpo feminino. Ele consegue ressaltar o que a mulher tem de interessante além das curvas. Consegue expressar o sentimento, a essência da modelo naquele determinado momento. O que eu tenho para dizer sobre os ensaios sensuais ou nus é que toda mulher deveria se permitir. Não entendo porque isso ainda incomoda. Nosso corpo é instrumento de vida, de expressão, é belo, é natural. Acho foda o bom dia retratar mulheres reais, corpos reais, livres de conceitos sobre perfeição absoluta. Sou amante assumida de fotografia, acho o corpo humano uma obra de arte e admiro a feminilidade e o encanto que nós mulheres temos em cada olhar que trazemos ao mundo. Quando somos fotografas então, um momento especial congelado em arte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Papo de Homem

Papo de Macho

O Papo de Macho é um blog sobre assuntos masculino criado em 2017 com o objetivo informar e divertir. Hoje o blog conta com uma equipe de colunistas a postos para não deixar nada passar batido.